segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Jura Secreta 68



mar nome que dou ao teu corpo
onde mergulhar densas ondas quero
ostras dentro algas ventre
por tudo que nesse mar habita
alma carne sangue osso
e com outro líquido sei que posso
molhar de sal por sobre os poros
lambuzar de mel por sobre os pêlos
até que tudo cesse
até que tudo pare
como o tempo nesta hora
quando da língua desce
tudo que em meu corpo cresce
tudo que em teu corpo mora

Artur Gomes

http://artur-gomes.blogspot.com


Nenhum comentário: