segunda-feira, 30 de junho de 2008

a mãe das artes/manhas

me atiro
do oitavo andar do edifício
vôo direto pro hospício
quando pensa
que estou fora
é aí que estou dentro

no ofício do engenho
tu não sacas meu invento

Nenhum comentário: