segunda-feira, 30 de junho de 2008

anjo em transe 3

para déborah barreto

Déborah é Évora pela arte inteir
flor que entrou na carne
não por pura brincadeira
mesmo se esvai é quando fica
em todo o corpo o que é dela

teu Portugal significa
o quanto canta ou quando cala
e aos meus olhos revela
tua língua em minha fala

não quero nada que não queiras
se não quiser palavra inteira
canto de outra maneira
mesmo mudo surdo cego
quero tudo de ti: não nego
como a cor da tua pele
que em minha pele passeia
e o fluxo do teu sangue
circulando em minha veia

Nenhum comentário: